A plataforma de streaming Disney+ estreou nesta terça-feira (12) nos Estados Unidos, levando aos usuários todas as primeiras 30 temporadas de Os Simpsons. Este lançamento, no entanto, vem deixando alguns fãs da série chateados.

Até a temporada 20, os episódios foram produzidos no formato quadrado de imagem, então a Disney resolveu "adaptar" a produção à tela do serviço do seu jeito. Enquanto algumas emissoras ou plataformas deixavam as bordas sem nada, mantendo o formato original, o Disney+ optou por deixar a imagem no formato widescreen (16:9).

Isso não seria tão problemático se a imagem não ficasse esticada, deformando levemente os personagens e cenários, pois alguns aparelhos tem a função de alterar pelo controle remoto este formato, porém, além esticar a imagem dos episódios está cortada. Tristan Cooper, que trabalha no College Humor, postou em seu Twitter um exemplo de como o corte na imagem pode prejudicar o roteiro do episódio, fazendo com que o espectador perca a piada.

"Todos os episódios clássicos de Os Simpsons no Disney+ são cortados para o formato widescreen — isso significa que você perde várias grandes piadas visuais, como quando (as cervejas) Duff, Duff Lite e Duff Dry saem do mesmo tubo", disse.


EJL RmPXsAAOlj9.jpg EJL Q9YWkAEEbYZ.jpg


Não se sabe se a plataforma irá fazer alguma mudança a partir destas reclamações, no Brasil o Disney+ deve chegar em 2020, porém ainda sem data definida.

fonte: https://canaltech.com.br

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.