FANDOM


(moneybart)
(Desfeita a edição 28056 de 200.232.157.131 (Discussão))
Linha 1: Linha 1:
.
+
{{Episodio
  +
| original = "Moneybart"
  +
| imagem = [[Imagem:MoneyBart.png]]
  +
| transmissao = 10/10/2010
  +
| numero = 467
  +
| codigo = MABF18
  +
| diretor = TBA
  +
| escritor = TBA
  +
| convidado =Mike Scioscia e Bill James
  +
| temporada = 22
  +
}}
  +
  +
A Pequena equipe de Beisebol de Bart chega a final do campeonato, mas Bart não estará jogando após uma discussão com a nova treinadora da equipe - Lisa.
  +
convidado: Mike Scioscia (foto)"O famoso e polêmico artista de rua britânico Banksy foi convidado pela produção de Os Simpsons para realizar uma das aberturas do desenho animado. É a primeira vez que um artista consagrado é convidado para colaborar no programa. O resultado é tão contestador e político que não dá para entender como a conservadora 20th Century Fox permitiu sua exibição ontem, 10 de outubro, nos EUA.São quase dois minutos de um discurso sobre a exploração da mão de obra barata na produção da própria série e seus produtos (recentemente foi revelado que parte da animação de Os Simpsons é realizada na Coréia do Sul, onde animadores recebem 1/3 do salário que receberiam nos EUA). O humor, claro, não foi esquecido, com pandas escravizados, gatinhos fofos usados como recheio de pelúcias e até um unicórnio decrépito sendo usado para fazer os furos dos DVDs.
 
[[Categoria:Episódios]]
 
[[Categoria:Episódios]]

Edição das 12h29min de 12 de outubro de 2010

Barraepis
 
Nome Original:
"Moneybart"
Primeira Transmissão:
10/10/2010
Temporada:
22
MoneyBart
Episódio nº
467
Código
MABF18
Diretor:
TBA
Escritor:
TBA
Convidados Especiais:
Nenhum
 

A Pequena equipe de Beisebol de Bart chega a final do campeonato, mas Bart não estará jogando após uma discussão com a nova treinadora da equipe - Lisa. convidado: Mike Scioscia (foto)"O famoso e polêmico artista de rua britânico Banksy foi convidado pela produção de Os Simpsons para realizar uma das aberturas do desenho animado. É a primeira vez que um artista consagrado é convidado para colaborar no programa. O resultado é tão contestador e político que não dá para entender como a conservadora 20th Century Fox permitiu sua exibição ontem, 10 de outubro, nos EUA.São quase dois minutos de um discurso sobre a exploração da mão de obra barata na produção da própria série e seus produtos (recentemente foi revelado que parte da animação de Os Simpsons é realizada na Coréia do Sul, onde animadores recebem 1/3 do salário que receberiam nos EUA). O humor, claro, não foi esquecido, com pandas escravizados, gatinhos fofos usados como recheio de pelúcias e até um unicórnio decrépito sendo usado para fazer os furos dos DVDs.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.