Barrapersona.png
 
Nome Completo:
Anthony Dominick Benedetto
200px-Tony Bennett.png
Idade:
89 anos
Sexo:
Masculino
Profissão:
Cantor
Parentescos:
Desconhecidos
Primeira Aparição:
Homer dançarino
 

Tony bennett.jpg

Tony Bennett, nome artístico de Anthony Dominick Benedetto, nasceu no Queens, Nova Iorque em 3 de agosto de 1926. É um cantor norte-americano tendo ultrapassado 60 anos de carreira. Bennett também é um talentoso pintor, tendo criado obras - sob o nome de Anthony Benedetto - que estão em exposição pública permanente em diversas instituições. Ele é o fundador da Frank Sinatra School of the Arts em Nova Iorque. Até 2009, já tinha atingido a marca de 50 milhões de discos vendidos, em todo o mundo. Criado em Nova Iorque, Bennett começou a cantar em tenra idade. Ele lutou na fase final de Segunda Guerra Mundial como um atirador infantaria do Exército dos EUA. Mais tarde, ele desenvolveu sua técnica de canto, assinando com a Columbia Records, e teve sua primeira canção número um com “Because of You” em 1951. Seguiram-se então vários top hits como “Rags to Riches”, no início dos anos 1950. Bennett, em seguida, refinou ainda mais a sua técnica vocal para abranger jazz singing. Ele chegou a um apogeu artístico no final dos anos 1950 com álbuns como “The Beat of My Heart“ e “Basie Swings, Bennett Sings" Em 1962, Bennett gravou sua canção assinatura, “I Left My Heart in San Francisco”. Sua carreira e sua vida pessoal sofreram, em seguida, uma desaceleração prolongada, durante o auge da era do rock. Bennett ganhou 17 Grammy Awards (incluindo um Lifetime Achievement Award, em 2001) e dois Emmy Awards, e foi nomeado um NEA Jazz Master e um Kennedy Center Honoree. Ele já vendeu mais de 50 milhões de discos em todo o mundo.

Curiosidades

  • Tony Benett foi o primeiro artista à estrelar em Os Simpsons representando à si mesmo.
  • Em 2009, Bennett realizou uma turnê pelo Brasil, apresentando-se nas cidades de Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Brasília. Até então, sua única visita profissional ao Brasil foi no início dos anos 90, quando fez um show em uma casa do bairro da Mooca em São Paulo.
  • Em 2010 fez parte do grupo que regravou a música We are the World, em apoio às vítimas do Sismo do Haiti
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.